Caracterização Física

Num planalto dominado pelos picos brancos da Serra da Estrela a Nascente, a Norte pela Serra do Caramulo e pelo rio Mondego, a Sul pela Serra da Lousã e a Poente pela Serra do Buçaco, limitado pelos concelhos de Nelas, Seia, Arganil, Tábua e Carregal do Sal, eis o concelho de Oliveira do Hospital, por certo o mais importante do alto distrito de Coimbra e o mais setentrional do Pinhal Interior Norte.

Vasto e rico de atractivos, marcado, embora, por uma interioridade cujo impacto negativo vem teimosamente combatendo, este Concelho pode muito bem ser escolhido para centro de interessantíssimas digressões turísticas: são passeios com mais de cinco mil anos de História, desde os templos funerários do Neolítico e da Idade do Bronze até às ruínas da cidade romana da Bobadela, através de pinhais e aldeias cheias de relíquias rurais e religiosas.

A sua jurisdição civil abrange hoje 21 freguesias, que podem orgulhar-se de possuir uma História muitíssimo rica em acontecimentos e personalidades e da qual herdaram uma enorme riqueza patrimonial e paisagística. Antas e cidades romanas, relíquias visigóticas e solares góticos, palacetes, santuários e pontes, vales encantados e praias fluviais, são só alguns dos encantos deste concelho com uma área de 234 Kms2 e cerca de 22.500 habitantes.

A Freguesia de Oliveira do Hospital, sede do Concelho, abrange uma área de 8,77 Kms2, compreendendo a cidade de Oliveira do Hospital, as povoações de Vendas de Gavinhos, Gavinhos de Baixo, Gavinhos de Cima, Gramaços, uma parte de Catraia de S. Paio e várias quintas disseminadas por toda esta superfície.

Ergue-se a uma altitude média de 500 metros e faz fronteira com as Freguesias de Bobadela, Lageosa, Lagos da Beira, Nogueira do Cravo, São Paio de Gramaços e Travanca de Lagos.

 

Versão para impressão PDF